Como fornecedores se encaixam na sustentabilidade corporativa

Cada vez mais as corporações estão em busca de fornecedores que adotem a agenda ESG – a sigla, que significa Environmental, Social and Governance (Governança Ambiental, Social e Corporativa) diz respeito àquelas empresas que adotam boas práticas dentro desses três aspectos.

Se você é um fornecedor e deseja ter grandes empresas como clientes, deve ficar de olho nas tendências e tentar se adequar. Não somente pelo bem do seu negócio, mas pelo bem de um mundo mais sustentável e mais justo.

O conceito ESG vai além de algumas mudanças como reduzir a pegada de carbono, reciclar o lixo e limitar o desperdício de embalagens. Esses são esforços extremamente importantes, mas para atingir as metas gerais de sustentabilidade – para ser realmente eficaz – a sustentabilidade corporativa deve envolver toda a cadeia de fornecimento, que, por sua vez, deve incorporar a diversidade de fornecedores.

Chegamos ao ponto em que a diversidade de fornecedores não é mais uma opção negociável quando se trata de atingir os objetivos de sustentabilidade.

Três pilares da sustentabilidade

Uma política de sustentabilidade corporativa de qualidade é construída sobre três pilares: o pilar ambiental, o pilar social e o pilar econômico – ou planeta, pessoas e lucro. Vamos dar uma olhada rápida em cada pilar.

Você deve utilizar as melhores práticas e que seus valores estejam alinhados com os da empresa que você deseja prestar serviço. Lembre-se que as empresas menores precisam se mostrar ESG para as grandes empresas.

Metas Ambientais

Dê uma nova olhada em seus objetivos de sustentabilidade ambiental e, em seguida, procure empresas que possam ajudá-lo a alcançá-los.

Metas Econômicas

Os benefícios econômicos da diversidade de fornecedores incluem redução de custos por meio de inovação, competição e eficiência, que têm um impacto positivo na receita.

Os relatórios de impacto econômico ainda são relativamente novos neste espaço, mas há evidências de que a parceria com empresas ESG traz recompensas que vão além dos benefícios econômicos imediatos e levam a cadeias de fornecimento saudáveis ​​e sustentáveis.

Saiba que a sustentabilidade envolve toda a cadeia de fornecimento, de fornecedores de nível 1 a fornecedores de nível 3 e varejistas. Quando uma companhia incorpora diversos fornecedores em suas cadeias de fornecimento, abrem novos caminhos para uma vantagem competitiva, economia de custos e boa vontade pública.

A Supplylabs é uma empresa jovem e que está mudando a forma de se fazer gestão da cadeia de fornecedores. Temos alto nível de conhecimento em ESG. Entre em contato conosco e saiba mais.

Sobre a agenda ESG, leia também:

leia mais | relacionados

Rastreabilidade na cadeia de fornecimento: pilar essencial para a agenda ESG

A sigla ESG, que significa Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança), vem ganhando cada vez mais relevância no mundo dos negócios. As empresas que se preocupam com o futuro e desejam se destacar no mercado estão buscando implementar […]

continue lendo aqui

Como medir o seu SLA: passos e dicas

As empresas costumam usar Acordos de Nível de Serviço (SLA – sigla de Service Level Agreement) para estabelecer expectativas com seus clientes e definir padrões de serviço.  No entanto, é importante que eles entendam se o trabalho realizado por seus […]

continue lendo aqui

O papel da gestão da supply chain na agenda ESG

A agenda ESG (Ambiental, Social e de Governança) tem se tornado cada vez mais importante para as empresas que buscam se tornar mais sustentáveis e responsáveis. Nesse contexto, a gestão da cadeia de fornecimento (supply chain) desempenha um papel central. […]

continue lendo aqui
💬 Dúvidas? Nos envie uma mensagem!